LOADING

Type to search

Pré-acordo sobre a “Parceria Transpacífica” é assinado

Share

As nações da região da Ásia-Pacífico assinaram o Pré-acordo para a “Parceria Transpacífica” durante o “Fórum de Cooperação Econômica da Ásia e do Pacífico” (APEC) realizado na cidade de Honolulu (Hawai). Em dezembro, os países integrantes do Fórum voltarão as negociações com a finalidade de concretizá-lo de fato.

Atualmente, nove países integram o “Acordo Estratégico Transpacífico para Cooperação Econômica”, ou TPP: Estados Unidos, Austrália, Brunei, Chile, Malásia, Nova Zelândia, Cingapura, Vietnã e Peru. O primeiro-ministro japonês, Yoshihiko Noda, já comunicou seu interesse em atuar na Parceria antes de iniciar as negociações de “Livre-Comércio”.

A China ainda dá preferência para trabalhar na criação de um “Bloco de Livre Comércio” na região, composto apenas por nações asiáticas, mas o presidente chinês, Hu Jintao, durante seu discurso, demonstrou o interesse do seu Governo em participar mais dos Acordos entre os países do Ásia e do Pacífico, neste sentido, o “Acordo Transpacífico” pode ser um deles.

Todos os Acordos na região que tem a participação de Washington são cuidadosamente trabalhados, por receio de que a presença norte-americano possa diminuir a influencia chinesa na região. Contudo, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, se mostra otimista: “Estou convencido de que conseguiremos. Juntos poderemos impulsionar as exportações, pôr mais bens à disposição de nossos consumidores e gerar mais empregos. Poderemos competir e ganhar nos mercados do futuro”*, disse o presidente americano.

————–

Fontes:

* Ver “Folha SP”:

http://www1.folha.uol.com.br/mundo/1005900-obama-acredita-que-tpp-e-um-acordo-possivel.shtml

Mais informações sobre o acordo estão disponíveis no site da “APEC” (documento em PDF):

http://publications.apec.org/publication-detail.php?pub_id=1194

Ver também “Noticiario NHK World” (rádio)

Tags:
Fabricio Bomjardim - Analista CEIRI - MTB: 0067912SP

Bacharel em Relações Internacionais (2009) e técnico em Negociações Internacionais (2007) pela Universidade Anhembi Morumbi (UAM). Atua na área de Política Econômica com foco nos países do sudeste e leste asiático, sendo referência em questões relacionadas a China. Atualmente é membro da Júnior Chamber International Brasil-China, promovendo as relações sócio-culturais sino-brasileiras em São Paulo e Articulista da Revista da Câmara de Comércio BRICS. Também atuou como Consultor de Câmbio no Grupo Confidence.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!