LOADING

Type to search

Producer and buyer-driven: possibilidade de troca de papéis entre México e EUA

Share

Conforme apontam observadores e analistas, a relação normalmente foi muito clara, sendo o México um fornecedor de produtos, principalmente manufaturados para os Estados Unidos. Nesta lógica, os mexicanos possuem o papel de producer-driven na cadeia de produção regional e os estadunidenses comportam-se como buyer-driven.

 

Contudo, tal realidade não tem sido tão direta para o estado de Colorado, nos Estados Unidos. Ali se exporta para o México carne, latas de feijão e batatas, dentre outros itens que compõe o cardápio do vizinho do sul. Essa demanda é dirigida principalmente pela classe média mexicana, que compra produtos com o selo “Made in USA”.

A balança de pagamentos dos dois países ainda reflete os “Estados Unidos” como o maior parceiro (comprador) do México, vindo logo após o Canadá, principalmente após a assinatura do “North American Free Trade Agreement (NAFTA) entre os três países em 1994, durante a gestão o presidente Clinton.

Reforçando a tendência atual de relação econômica entre os dois parceiros, nestes últimos anos, a economia mexicana, bem como as políticas macroeconômicas do Governo, vem sendo elogiadas pelo “controle da inflação, equilíbrio orçamental e gerenciamento do débito”*, conforme declarou o presidente do “Banco de Dallas”, Richard Fisher.

—————————–

Fonte Imagem: Wikipédia

—————————–

Fonte:

* Ver:

http://www.washingtonpost.com/world/the_americas/middle-class-mexicans-snap-up-more-products-made-in-usa/2012/09/09/27c9d1b4-f212-11e1-892d-bc92fee603a7_story.html

Tags:

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!