LOADING

Type to search

Realização de Cúpula Extraordinária da SADC em Angola

Share

A Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC, sigla em inglês) realizou no dia 21 de novembro de 2017 a Cúpula Extraordinária de Chefes de Estado e Governo, em Luanda, capital da Angola. A organização desta reunião de caráter extraordinário deve-se à instabilidade política e ao cenário de insegurança presentes no Zimbabwe. O encontro foi presidido pelo Presidente da África do Sul, Jacob Zuma, e pelo seu homólogo angolano, João Lourenço, o qual é Presidente do Órgão para a Cooperação Política, Defesa e Segurança da SADC. Também estiveram presentes os Presidentes da Zâmbia e da Tanzânia.

Mapa de Localização do Zimbabwe

O momento político do Zimbabwe tornou-se instável com o cerco realizado pelas Forças Militares Nacionais ao então Presidente do país, Robert Mugabe, na capital do Estado, Harare, no dia 13 de novembro do ano corrente (2017). O afastamento de Mugabe foi anunciado pelo Partido de situação, a União Nacional Africana do Zimbabué – Frente Patriótica (ZANU-PF), que também divulgou a Presidência temporária assumida pelo Vice-presidente, Emmerson Mnangagwa, que havia sido afastado antes, enquanto Mugabe estava no cargo, o qual ocupará tal função até as eleições que devem ser realizadas em 2018.

Dentre os fatores apontados como motivação para a ação dos Militares contra o Mandatário, evidencia-se o afastamento do Vice-presidente durante o mandato de Mugabe, em meio aos conflitos quanto a sucessão de Governo entre Mnangagwa e Grace Mugabe.

Bandeira do Zimbabwe

Complementarmente, a situação econômica e social do país também é destacada, pois o Zimbabwe enfrenta, desde os anos 2000, períodos de crise com registros de hiperinflação, criação de nova divisa e a migração de nacionais em busca de melhoria de suas situações financeiras.

A SADC posicionou-se sobre tais acontecimentos expressando a preocupação quanto à manutenção da ordem democrática do país, bem como o incentivo à busca pela resolução pacífica do cenário de instabilidade política vivenciado. Ainda no comunicado oficial da Organização sobre as resoluções tomadas na Cúpula, foi acordado a realização de uma missão de urgência no território zimbabuano. Esta missão será realizada por Jacob Zuma e João Lourenço e terá como intuito a avaliação das próximas medidas que irão adotar a Comunidade de Desenvolvimento da África Austral e o órgão de Cooperação Política, Defesa e Segurança.

———————————————————————————————–                    

Fontes das Imagens:

Imagem 1 Logo da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral” (Fonte):

https://cdn1.portalangop.co.ao/angola/pt_pt/files/highlight/2017/9/41/0,3eb05241-190b-4256-aa52-6ff0c09a6bd2.jpg

Imagem 2 Mapa de Localização do Zimbabwe” (Fonte):

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/b/bc/LocationZimbabwe.svg/300px-LocationZimbabwe.svg.png

Imagem 3 Bandeira do Zimbabwe” (Fonte):

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/6/6a/Flag_of_Zimbabwe.svg/1200px-Flag_of_Zimbabwe.svg.png

Lauriane Aguirre - Colaboradora Voluntária

Bacharela em Relações Internacionais pela Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA). Dentre as áreas de interesse encontram-se Cooperação Técnica Internacional e Segurança Internacional. Como colaboradora do CEIRI Newspaper escreve sobre o continente africano, mas especificamente os países de língua portuguesa.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.