LOADING

Type to search

Share

A Rússia caminha para o que pode ser considerada uma nova fase do seu projeto espacial, na qual, em nota, a sua Agência Espacial, a Roscomos, declarou publicamente que está em pauta um programa de exploração da lua até 2050, que contará com 230 bilhões de dólares de investimento[1].

A Rússia não é o primeiro Estado a anunciar planos de exploração lunar. Os Estados Unidos possuem um projeto semelhante, que, inclusive, tem por parte do Congresso o desejo de se considerar os lugares em que ocorreram missões tripuladas na lua como território norte-americano[2], algo que, para analistas, demonstra o receio estadunidense acerca das recentes missões não tripuladas que ocorreram.

Para alguns observadores, há uma grande probabilidade dessas missões espaciais se intensificarem devido à questão ambiental vir a ser o centro dos debates ao longo do século XXI, existindo a possibilidade de ocorrer exploração de recursos fora de nosso planeta, algo que, concluem, não afetará diretamente o meio-ambiente terrestre, respondendo às demandas ambientais.

————————————————————————

Imagem (Fonte – Link Direto):

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/a/a8/ISS-30_EVA_Anton_Shkaplerov.jpg

Link do Site:

http://en.wikipedia.org/wiki/Russian_Federal_Space_Agency                                                          

————————————————————————

Fontes Consultadas:

[1]Ver Russias Space Agency Floats $230 Billion Lunar Exploration Plan (Publicado em 07 de dezembro de 2014):

http://www.themoscowtimes.com/business/article/russias-space-agency-floats-230-billion-lunar-exploration-plan/512657.html

[2] Ver EUA querem posse de locais de pouso na Lua (Publicado em 16 de dezembro de 2013):

http://mensageirosideral.blogfolha.uol.com.br/2013/12/16/eua-querem-posse-de-locais-de-pouso-na-lua/

 

Daniel Costa Sampaio - Colaborador Voluntário Júnior

Pósgraduado em Ciência Política (IUPERJ) e Bacharel em Relações Internacionais (UCAM). Experiência profissional em Representação Comercial e atualmente Gerente de Projetos e Novos Negócios na Prefeitura do Rio de Janeiro. No CEIRI Newspaper escreve no grupo Europa desde março de 2013, em que desenvolve publicações com ênfase na Política Externa Russa.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!