LOADING

Type to search

Senador boliviano pode obter resposta do Brasil na próxima semana

Share

Segundo informação disseminada na imprensa, o Senador boliviano líder da oposição no Congresso, Roger Pinto Molina, poderá obter resposta do Governo brasileiro na próxima semana acerca do seu pedido de asilo político no Brasil.

Os ministros das “Relações Exteriores” (na Bolívia, ministro dos “Negócios Estrangeiros”) brasileiro e boliviano (Antonio Patriota e David Choquehuanca, respectivamente) haviam conversado diretamente tentando afastar qualquer constrangimento nas relações cordiais que há entre os dois Governos, baseando suas negociações na “Convenção de Caracas sobre Direito de Asilo”, pelo qual o Brasil se tornará responsável pelo Senador.

 

O Senador se encontra na Embaixada brasileira e não há previsão de prazo para conceder a resposta, razão pela qual os observadores acreditavam na possibilidade de ele ficar hospedado nas dependências do Brasil indefinidamente para ser levado a desistir da solicitação, podendo ser isto uma tática para evitar que surgissem problemas entre os dois países.

A possibilidade de resposta na próxima semana, contudo, é vista como positiva por parte dos analistas, que afirmam ser uma medida que evitará transformar um problema menor numa plataforma das oposições tanto brasileira quanto boliviana.

Ressaltam ainda que caso a resposta não sai, ou não seja concedido o asilo a Molina, a situação trará à luz situações em que personalidades de esquerda receberam respostas e benefícios positivos do Brasil e isto se tornará matéria-prima para acusar os Governos brasileiro e boliviano por seus opositores, gerando perdas políticas para ambos.

————————

Fontes:

* Ver:

http://www.jb.com.br/internacional/noticias/2012/06/06/brasil-prepara-resposta-ao-pedido-de-asilo-politico-de-senador-boliviano/

Tags:
Marcelo Suano - Analista CEIRI - MTB: 16479RS

É Fundador do CEIRI NEWSPAPER. Doutor e Mestre em Ciência Política pela Universidade em São Paulo e Bacharel em Filosofia pela USP, tendo se dedicado à Filosofia da Ciência. É Sócio-Fundador do CEIRI. Foi professor universitário por mais de 15 anos, tendo ministrado aulas de várias disciplinas de humanas, especialmente da área de Relações Internacionais. Exerceu cargos de professor, assessor de diretoria, coordenador de cursos e de projetos, e diretor de cursos em várias Faculdades. Foi fundador do Grupo de Estudos de Paz da PUC/RS, do qual foi pesquisador até o final de 2006. É palestrante da Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra (ADESG-RS), tendo exercido também os cargos de Diretor de Cursos e Diretor do CEPE/CEPEG da ADESG de Porto Alegre. Foi Articulista do Broadcast da Agência Estado e do AE Mercado (Política Internacional), tendo dado assessoria para várias redes de jornal e TV pelo Brasil, destacando-se as atuações semanais realizadas a BAND/RS, na RBS/RS e TVCOM (Globo); na Guaíba (Record), Rádioweb; Cultura RS; dentre vários jornais, revistas e Tvs pelo Brasil. Trabalhou com assessoria e consultoria no Congresso Nacional entre 2011 e 2017. É autor de livros sobre o Pensamento Militar Brasileiro, de artigos em Teoria das Relações Internacionais e em Política Internacional. Ministra cursos e palestra pelo Brasil e no exterior sobre temas das relações internacionais e sobre o sistema político brasileiro.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.