LOADING

Type to search

Símbolo Nacional, Rugby Neozelandês contribui também com o PIB do país

Share

Sob a esfera do esporte mais popular da Nova Zelândia, os “All Blacks” – identidade da seleção nacional de rugby – conquistaram a hegemonia mundial absoluta com 77% de aproveitamento (437 vitórias em 566 partidas) desde o início do século XX. Os bons resultados transcenderam os placares e corroboraram para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB), recentemente divulgado pela NZ Stats – agência neozelandesa oficial de coleta, análise e divulgação de dados – referente ao ano-exercício 2017.

Haka ‘Ka Mate’ antes da partida contra a França em 2006

A New Zealand Rugby Union (NZRU), federação nacional responsável pelo desenvolvimento da modalidade em todo o país e pelas seleções nacionais, anunciou sua maior receita, em 2017, com o total de € 164,11 milhões (aproximadamente R$ 664 milhões), garantindo o lucro recorde de € 21,3 milhões (pouco mais de R$ 86 milhões).

Grande parte deste sucesso deve-se, principalmente, à organização de uma competição denominada “DHL New Zealand Lions Series”, que consistiu em um tour realizado entre junho e julho (2017) com a presença de algumas das melhores seleções do mundo, como Inglaterra e Irlanda, além dos próprios All Blacks. A intenção comercial do evento fica bem clara com o discurso do CEO da NZRU, Steve Tew, ao enfatizar que “nossos objetivos são mostrar a Nova Zelândia para o mundo, contribuir com a economia do país, garantir que a série seja lucrativa e ganhar os jogos”.

Produto Interno Bruto por setor, valores do último trimestre de 2017

Comandado pelo aumento dos visitantes estrangeiros, o turismo impulsionou os gastos em acomodação, comida e bebida no país, contribuindo para a expansão do PIB com a soma de € 156,4 milhões (aproximadamente R$ 632 milhões), de acordo com um relatório do Ministério dos Negócios, Inovação e Emprego. Seguindo a “tradição” de quebra de recordes, em 2017 a Nova Zelândia registrou o maior número histórico de imigrantes temporários durante o mês de julho, com 246.900 turistas estrangeiros, sendo boa parte composta pelos fãs do rugby.

———————————————————————————————–

Fontes das Imagens:

Imagem 1 “Os All Blacks se preparando para o Haka em final de 2005” (Fonte):

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/8/82/2005_Tri_Nations_Series_-_All_Blacks_vs_Wallabies.jpg

Imagem 2 “Haka Ka Mate antes da partida contra a França em 2006” (Fonte):

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/d/d2/Haka_2006.jpg

Imagem 3 “Produto Interno Bruto por setor, valores do último trimestre de 2017” (Fonte):

https://stats.govt.nz/information-releases/gross-domestic-product-december-2017-quarter

Wilson Mencaroni - Colaborador Voluntário

Pós-graduado em Gestão de Negócios Internacionais pela Business School São Paulo (BSP), Bacharel em Relações Internacionais no Centro Universitário Fundação Santo André - Faculdade de Ciências Econômicas e Administrativas. Bolsista pelo CNPq em 2009 com o projeto de iniciação científica "A Soberania Nacional em face dos Tratados Bilaterais: A Questão do Tratado de Itaipu". Tem experiência na área de Ciência Política, com ênfase em Atitude e Ideologias Políticas, atuando principalmente nos seguintes temas: integração, direito, democracia, segurança e negociação internacional. Em sua carreira, conquistou o cargo de Gerente de Negócios Internacionais. Está em contato com o comércio exterior, aprofundando seu conhecimento e focando suas habilidades para os procedimentos de importação. Já participou de diversas feiras internacionais, representando sua empresa, tendo a função de estreitar o relacionamento com fornecedores, investidores e clientes estrangeiros, além de trabalhar a marca da empresa e conquistar distribuições em diferentes continentes.

  • 1

Deixe uma resposta