LOADING

Type to search

Um Arquipélago e o fim da estabilidade no leste asiático

Share

O conjunto de ilhas que forma o “Arquipélago de Diaoyu” (Senkaku, para o Japão, e Diaoyutai, para Taiwan), está para entrar na história moderna do continente asiático, pois a sua disputa pode por o continente em guerra ou em crise política e econômica.

A decisão de Tokyo em nacionalizar algumas ilhas que compõem o arquipélago despertou criticas de Beijing e de Taipei. Na China, o porta-voz da chancelaria chinesa, Hong Lei, solicitou que o Japão retroceda em sua decisão de nacionalizar a ilhas Diaoyu e, em Taiwan (Formosa), o “Ministro dos Negócios Estrangeiros”, Timothy Yang,  comunicou à imprensa que seu país já fez seu protesto formal contra a decisão japonesa e solicitou que Shen Ssu-Tsun, que representa Formosa no Japão, volte para Taiwan e reporte o comportamento do Governo japonês.

 

Para complicar ainda mais a situação na região, o vice-primeiro-ministro chinês, Li Keqiang, comunicou que a China irá defender a soberania sobre as ilhas Diaoyu usando de todos os meios possíveis. Ele fez a comunicação no “3º Fórum Econômico e Comercial China-Países Árabes”, durante o encontro com o premiê de “Papua-Nova Guiné”, Peter Charles Paire O’Neil.

A autoridade chinesa alegou que seu país e “Papua-Nova Guiné” haviam sidos invadidos pelo Japão durante a “Segunda Guerra Mundial” e os japoneses não têm direitos de exercer a soberania na região. Além disso, O’Neil já se pronunciou em apoio de Beijing  contra a ação japonesa.

Neste final de semana, Taiwan rejeitou a ação de Tokyo na proposta de compra das três ilhas que também compõe o “Arquipélago Diaoyutai” por um valor de US$ 26,18 milhões de dólares.

Além disso, a China enviou barcos patrulhas para manter a segurança na região e enviou outras unidades para preservar o meio ambiente no entorno da ilha. A situação está se agravando e o continente se depara com um ambiente propício ao conflito ou para o corte das relações diplomáticas.

———————-

Fontes:

Ver:

http://portuguese.cri.cn/561/2012/09/11/1s156018.htm

Ver:

http://portuguese.cri.cn/561/2012/09/11/1s156016.htm

Ver:

http://www.taipeitimes.com/News/front/archives/2012/09/12/2003542543

———————————

Imagem (Reprodução CRI):

http://portuguese.cri.cn/561/2012/09/11/1s156016.htm

Tags:
Fabricio Bomjardim - Analista CEIRI - MTB: 0067912SP

Bacharel em Relações Internacionais (2009) e técnico em Negociações Internacionais (2007) pela Universidade Anhembi Morumbi (UAM). Atua na área de Política Econômica com foco nos países do sudeste e leste asiático, sendo referência em questões relacionadas a China. Atualmente é membro da Júnior Chamber International Brasil-China, promovendo as relações sócio-culturais sino-brasileiras em São Paulo e Articulista da Revista da Câmara de Comércio BRICS. Também atuou como Consultor de Câmbio no Grupo Confidence.

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá!