LOADING

Type to search

Zapatero propôs limite constitucional ao déficit público

Share

O primeiro-ministro espanhol, José Luis Rodríguez Zapatero, defendeu ontem, dia 23 de agosto, no “Parlamento” o estabelecimento de um limite constitucional ao déficit das contas públicas. Nesta mesma sessão Zapatero obteve o aval dos parlamentares às últimas medidas de ajuste fiscal aprovadas pelo executivo.

 

Em uma tentativa de obter consenso nesta matéria, o Primeiro-Ministro informou que explicou a idéia e solicitou opinião ao líder da oposição, Mariano Rajoy, (favorito para ganhar as próximas eleições gerais de novembro) e ao candidato do “Partido Socialista Obrero Español”, Alfredo Pérez Rubalcaba. Rajoy anunciou que aceitava a proposta, mas ressaltou que seu Partido já havia expressado no passado posição favorável a inclusão na “Carta Magna” de princípios de estabilidade orçamentária.

A reforma, que se aplicaria “tanto ao déficit estrutural como à dívida” permitiria, segundo Zapatero, “reforçar a confiança a médio e longo prazo na economia espanhola”.

Uma vez que se trata de uma decisão estratégica estrutural e não conjuntural, largamente aceite pela sociedade espanhola e pelos seus representantes, deveríamos estar em condições de inscrevê-la em nossa Constituição, como o fizeram ou planejam fazer outras grandes economias européias”, sublinhou o Primeiro-Ministro espanhol em sua intervenção.

—–

Fonte Consultada:

http://www.lamoncloa.gob.es/Presidente/Actividades/ActividadesNacionales/2011/230811IntervencionPresidenteCongresoPlenoExtraordinario.htm

Tags:
Daniela Alves - Analista CEIRI - MTB: 0069500SP

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.