LOADING

Type to search

“Zona do Euro” está próxima de aprovar novos poderes para o “Fundo Europeu de Estabilidade Financeira”

Share

O “Parlamento” de Malta aprovou por unanimidade ontem, dia 10 de outubro, os novos poderes para o “Fundo Europeu de Estabilidade Financeira” (EFSF, sigla em inglês), informou a agência “Reuters”*.

 

O fortalecimento do EFSF é considerado por analistas como crucial para conter a crise da dívida da Europa, mas precisa ser aprovado pelos 17 países da “Zona do Euro”. Neste momento, falta apenas a aprovação da Eslováquia.

Com os novos poderes, o EFSF passará a contar com maior capacidade de financiamento para auxiliar economias em crise na região. As mudanças deverão dar mais possibilidades de auxílio aos países que enfrentam dificuldades para saldar suas dívidas.

Entre as medidas propostas estão a de ampliar o valor dos pacotes de auxílio às economias endividadas, cujo teto passaria dos atuais 440 bilhões de euros para valores de até 2 trilhões de euros (respectivamente R$ 1,1 trilhão e R$ 4,9 trilhões).

O Fundo ampliado permitirá ainda a compra de títulos de governo, a injeção de capital em Bancos e a concessão de empréstimos a um país antes do agravamento da crise. Anteriormente, o Fundo só poderia socorrer economias que já se encontravam em crise.

——————————-

Fonte Consultada:

http://economia.estadao.com.br/noticias/economia,malta-aprova-reforco-do-fundo-de-resgate-da-zona-do-euro-diz-agencia,87662,0.htm

Tags:
Daniela Alves - Analista CEIRI - MTB: 0069500SP

Mestre em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Bacharel em Relações Internacionais, jornalista e Especialista em Cooperação Internacional. Atualmente é CEO do Centro de Estratégia, Inteligência e Relações Internacionais (CEIRI) e Editora-Chefe do CEIRI NEWSPAPER. Vencedora de vários prêmios nacionais e internacionais da área dos Direitos Humanos. Já palestrou em várias cidades e órgãos de governo do Brasil e do Mundo sobre temas relacionados a profissionalização da área de Relações Internacionais, Paradiplomacia, Migrações, Tráfico de Seres Humanos e Tráfico de órgãos. Trabalhou na Coordenadoria de Convênios Internacionais da Secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e na Assessoria Técnica para Assuntos Internacionais da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho do Governo do Estado de SP. Atuou como Diretora Executiva Adjunta e Presidente do Comitê de Coordenação Internacional da Brazil, Russia, India, China, Sounth Africa Chamber for Promotion an Economic Development (BRICS-PED).

  • 1

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.